O XII Congresso Ibérico de Arqueometria tem lugar numa cidade detentora de uma grande herança artística, com três bens declarados Património da Humanidade: a Catedral de Burgos, o Caminho de Santiago e as Jazidas Arqueológicas de Atapuerca. O local do evento situa-se no Complejo de la Evolución Humana, obra do prestigiado arquiteto Juan Navarro Baldeweg. Pode aproveitar esta ocasião para conhecer Burgos, uma urbe moderna mas sem confusões nem pressas, onde não faltam passeios, parques e jardins.

 

O Complexo da Evolução Humana

Obra do prestigiado arquiteto Juan Navarro Baldeweg, é formado pelo Museu da Evolução Humana, o Palácio de Congressos e Auditório Fórum Evolução e o Centro Nacional de Investigación sobre la Evolución Humana  que acolhe e organiza o XII Congresso Ibérico de Arqueometria. Para além da sua importância científica, do ponto de vista cultural, este complexo é uma das grandes atrações da cidade.

 

As Jazidas Arqueológicas de Atapuerca

Declaradas Património Mundial da Unesco, em 2001, as Jazidas Arqueológicas da Serra de Atapuerca são o maior centro de conhecimento mundial sobre a evolução humana. Muito embora as escavações só se tenham iniciado em 1978, há mais de dois milhões de anos que este enclave natural começou a registar as origens do homem europeu.

 

A Catedral de Burgos

Declarada Património da Humanidade da Unesco, por ser considerada um dos expoentes da arte gótica europeia, a Catedral começou a ser construída na primeira metade do século xiii. Todos os cantos e recantos da zona antiga de Burgos têm uma perspetiva bonita e diferente deste singular monumento.

 

O Caminho de Santiago

Há séculos que a localização geográfica de Burgos a faz cidade de passagem obrigatória para os milhões de peregrinos europeus que partem em busca do túmulo do Apóstolo Santiago. Na província, este percurso estende-se por 114 km, de este a oeste, pelo chamado Caminho Francês, rota descrita pelo monge Aymeric Picaud.

 

A Cidade Medieval

Para se conhecer a origem e o desenvolvimento urbano de Burgos, nada melhor do que subir ao Castelo. Aí, pode visitar as antigas portas de acesso à cidade, como a porta mudéjar de San Martín, a porta de San Esteban e a monumental porta renascentista de Santa María. Ainda no interior do recinto amuralhado encontra um conjunto de igrejas, das quais se destacam a de San Esteban, hoje Museu do Retábulo, a de San Gil, primorosa e refinada igreja do gótico tardio, e a de San Nicolás.

 

O Mosteiro de Las Huelgas

A sua imponente arquitetura abrange um grande conjunto monástico de que se destacam os claustros, um dos quais românico, capelas mudéjares e almóadas, bem como a sua enorme igreja. Dos túmulos do panteão real provêm os têxteis e vestuário expostos no curioso museu de têxteis medievais do mosteiro.

 

A Cartusiana de Miraflores

De elegante arquitetura gótica, é uma das obras de referência do século xv. No interior da sua igreja, salientam-se o impressionante retábulo e um dos melhores conjuntos funerários da Europa, obras criadas pelo mestre Gil de Siloé, comissionadas pela rainha Isabel a Católica.