O XII Congresso Ibérico de Arqueometria, que se inicia hoje se prolongará até a próxima sexta-feira 28 no Centro Nacional de Investigação sobre a Evolução Humana (CENIEH), reúne uma centena de expertos na matéria de Espanha e Portugal. Nesta data, em que se discutirá sobre os últimos avances técnicos e suas possíveis aplicações ao estudo material dos objetos do patrimônio histórico, arqueológico e cultural,se apresentarão 41 comunicações orais e 34 em formato pôster que foram selecionados pelo comitê científico do Congresso dentrodas 80 que se apresentaram.

Como o CENIEH é uma infra-estrutura Científica e Técnica Singular (ICTS) que dispõe de completos laboratórios para a investigação nestas disciplinas, é idôneo para acolher o Congresso de Arqueometrica e estamos satisfeitos de poder abri-lo ao uso da comunidade científica e tecnológica.

O evento, que acolhe a cada dois anos uma cidade diferente da Península Ibérica, está organizado pelo Centro Nacional de Investigação sobre a Evolução Humana (CENIEH) e a Sociedade de Arqueometria aplicada ao Patrimônio Cultural (SAPaC), que celebra seu 20º aniversário durante esta edição. “Nas duas décadas que levo trabalhando na Sociedade de Arqueometria, conseguiu se que este Congresso seja um fórum de discussão consolidado no qual geram debates muito interessantes para a datação do Patrimônio Histórico, e para nós é importante que nosso 20º aniversário coincida com a celebração em uma cidade tão significativa como Burgos”, assegura Manual Gárcia Heras, presidente da SAPaC.